Custos e Benefícios

Inovar é sempre um bom desafio!

O empreendedorismo inovador está em alta no Brasil, nas esferas federal, estadual e municipal. Grandes avanços ocorrerão por conta da Lei Complementar 182/2021 que institui o marco legal das startups e do empreendedorismo inovador. Ainda, na esfera municipal, a Lei 816/2019 institui o programa de incentivo ao Parque Científico e Tecnológico de Medianeira que visa atrair, estimular e fortalecer atividades pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica, voltadas aos vetores de oportunidade da economia regional. 

A lei municipal 816/2019 apresenta incetivos diretos, por meio da redução de impostos, para empreendimentos que fazem parte do CienTech:

  • Redução na alíquota de ISSQN de 5 para 2%
  • Redução de até 75% no IPTU
  • Redução de 100% no ITBI

Além das vantagens garantidas pelas Leis Federais e Municipais, o empreendimento que faz parte do CienTech tem acesso facilitado aos serviços prestados pela UTFPR em todos os seus campi. 

  • Laboratórios Multiusuários da UTFPR: os Laboratórios Multiusuários têm como finalidade dar suporte às atividades de pesquisa e de desenvolvimento tecnológico, disponibilizando equipamentos e serviços especializados. Têm como perspectivas atender as demandas de grupos de pesquisa da UTFPR, de outras instituições públicas ou privadas e à comunidade externa, executando atividades de análise e soluções tecnológicas para produtos e processos.
  • Agência de Inovação: visa promover a gestão da Propriedade Intelectual, fornecer orientação para elaboração de documentação para depósito de patente, registro de software e contratos.
  • Apoio e Projetos Tecnológicos: busca apoiar o desenvolvimento de projetos tecnológicos focados no setor produtivo regional e na solução de pequenos problemas de empresas e novos empreendedores.
  • Empreendedorismo e Inovação: apoiar empreendedores e empresas nascentes inovadoras.

Pro fim, conheça a estrutura do CienTech: um Parque Científico e Tecnológico com uma localização privilegiada, no coração do Oeste Paranaense, que é uma região aprazível, com alto potencial de crescimento.

Custos operacionais

Tais habitats de inovação públicos têm apoio governamental para sua operacionalização por tempo limitado. Ainda, para que este espaço esteja sempre funcional a todos seus partícipes, é importante que haja formas de sustentabilidade. Assim sendo, é de responsabilidade do empreendimento hospeado no CienTech o pagamento de uma Taxa Condominial, Taxa de Ocupação de Área, Participação no Faturamento e Participação na Propriedade Intelectual. A destinação de tais recursos pode ser verificada na tabela abaixo.

 

Tabela 01. Destinação da receita líquida, descontada a participação da Fundação de Apoio, recolhida no CienTech

O valor da taxa condominial é rateado conforme a metragem quadrada ocupada pelo empreendimento hospedado. Já os valores da taxa de ocupação, participação no faturamento e participação na propriedade intelectual dependem da Tabela de Arrecadação. As tabelas 02 e 03 apresentam os valores por metro quadrado no Centro Empresarial de Inovação. A tabela 04 apresenta um exemplo comparativo entre três projetos hospedados.

Tabela 02. Arrecadação para Laboratório de P.D.&I. (taxa mensal)
Tabela 03. Arrecadação para Empresa de Base Tecnológica (taxa mensal)
Tabela 04. Comparativo entre três projetos fictícios: duas empresas e um laboratório de PD&I ocupando módulos no Centro Empresarial de Inovação.

O valor da taxa condominial apresentada na tabela 04 é uma aproximação baseada nos valores de manutenção em agosto de 2021. Ainda, a participação na Propriedade Intelectual, no caso do registro de patente de novos produtos ou processos, dependem da negociação direta com a diretoria da UTFPR.